Apetece-me Chorar

De repente apetece-me chorar
Pelo meu futuro sombrio
Pelos meus sonhos enterrados
Mas, retenho lágrimas e sorrio
Sorrio, sorrisos desesperados.
Não paro de me atormentar
Olho a noite que se esgueira
Apetece-me chorar
Esquecer este correr de dias não há maneira.

Dobro do pensamento a esquina
Surge à minha beira a saudade
Saudade de mim, enquanto menina
Recordo, Deus faz-me essa vontade
Vivo a recordar é minha sina.

Há dias e dias.Voltarei a ver mais um?
Tenho medo! Há momentos que sei de tudo
Sei que sonhos, não haverá mais nenhum!?
Estranha esta Vida, já não me iludo.

Apetece-me chorar
De repente, apetece-me chorar

Estendo-me na cama, vestida
Pensar?
Em quê? Para quê?!
Só meu coração é que não vê
Que não há contra partida
Recusa-se a morrer
Mesmo não tendo nada a perder.
Prende-se à Vida!
para quê?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)


Deixa o Teu Comentário